Pergunte aqui sua dúvida, deixe seu whats para conversarmos!

3 + 15 =

Foliculite – Diga adeus aos pelos encravados

O folículo pilossebáceo localiza-se na derme e está praticamente por toda superfície corporal. É composto por células germinativas, queratinócitos e melanina. O pelo encrava porque o canal por onde ele passa fica obstruído e ele não tem força para romper a camada mais superficial da pele, chamada córnea. Essa dificuldade para sair se deve à fraqueza causada pela frequência no uso de cera para depilação, que arranca o pelo pela raiz. Entretanto, roupas muito apertadas em qualquer parte do corpo podem favorecer a foliculite. Pessoas com pelos muito grossos, e nas áreas onde isso ocorre como barba, pescoço, virilha são mais frequentes.

Pessoas com predisposição ao problema devem evitar roupas justas, como calças jeans, e aquelas feitas com tecidos sintéticos.

Entretanto, é possível reduzir o quadro com esfoliantes (afinando a pele e facilitando a saída do pelo), manter a pele sempre bem hidratada e a FOTODEPILAÇÃO, pois por se tratar de uma depilação duradoura que vai cauterizar a raiz do pelo, ela literalmente acaba com o problema pela raiz.

A foliculite é um primeiro estágio para o aparecimento do pelo encravado em si, que geralmente começa como uma bolinha (vermelha ou não). Se não for cuidado, a inflamação pode levar à produção de uma secreção amarelada, que causa dor. Num estágio avançado, é possível que um cisto se forme: maior, mais dolorido e rígido do que a inflamação.

Chame no Whats