Melasma é um distúrbio de pigmentação, o fator desencadeante do melasma é a exposição solar (não necessariamente de agora, mas a exposição solar é cumulativa, quem passou anos se expondo a radiação solar tem grandes chances de desenvolver hiperpigmentação, como lentigo solar “manchas de sol” e o melasma). Melasma tem forte influência hormonal (gravidez, contraceptivos hormonais, pílulas, injeções etc, reposição hormonal com estrógeno).
*Mais comum em mulheres em idade fértil;Em pessoas de fototipo mais alto;
*Infelizmente o melasma não tem cura, o tratamento não “apaga” a mancha ela vai clarear a mancha. Porém a mancha pode voltar a qualquer exposição solar.
*Estudos científicos mostram que existem 28 mecanismos de pigmentação que dão coloração a pele, ocasionando manchas.
.
Associar peeling químico com microagulhamento é um recurso muito que apresenta excelentes resultados no tratamento de manchas.
.
Estamos com novidades em tratamentos para melasma, são os peelings experts que são peelings de categoria inflamatória ou não, que junto com os despigmentantes home care (produtos clareadores de uso domiciliar) vão trabalhar para inibir os mecanismos de pigmentação, como a tirosinase, TRP 2, POMC, entre muitos outros.
.
O microagullhamento que melhora a comunicação celular, aumenta a hidratação, melhora dos poros, textura da pele, promove estimulo do colágeno e elastina e ainda promove o “drug delivery” que é a entrega de ativos diretamente na célula, no caso do melasma e manchas são usados ativos despigmentantes com objetivo de clarear as manchas.

× Chame no Whats