Uma das principais funções da pele é fazer uma barreira de proteção a fim de evitar a entrada de substancias nociva e a saída de água da pele.
Ou seja, todo cosmético que aplicamos em nossa pele passa por essa barreira, e muitas vezes apenas uma quantidade mínima de ativos é absorvida e o efeito é mínimo.

No caso do melasma, e manchas em geral, precisamos que os ativos clareadores cheguem até a derme (a segunda camada da pele).
O microagulhamento é uma técnica que realiza um Roller com várias microagulhas que causam pequenas lesões, e estimulam a produção de colágeno e elastina, além de criar canais que fazem o “drug delivery”, ao aplicar um cosmético logo após a aplicação do microagulhamento a absorção dele é muito maior, o ativo chega a célula na qual precisa desempenhar a sua função.
Alguns ativos são usados com muito sucesso no tratamento do melasma como Ácido Tranexâmico (inibe a síntese de melanina, que da pigmento para pele),  TGP-2 (fator de crescimento que estimula colágeno e promove o clareamento da pele), Nanofactor C (vitamina C 10x mais potente, despigmentante e antioxidante). No tratamento de melasma usamos o Roller 0,5, os benefícios que o micro para o melasma são:
– Aumenta a premetração de ativos clareadores na pele;
– Não degrada a melanina (proteína que dá pigmento a pele, alguns ativos clareadores como a polêmica Hidroquinona pode causar a hipocromia (mancha branca), a destruição da melanina.)
– Melhora a saúde dos melanócitos (células produtoras de melanina responsáveis pela pigmentação da pele.)
– Estimula a destruição dos grânulos de melanina (o acumulo de pigmento que forma a mancha)
-Melhora a comunicação celular;
– Restaura a junção queratinócito/melanócito
– Normaliza a melanogenese

× Chame no Whats